Segmentos dos planos médicos de saúde privada.

  • Regras da ANS para contratar planos de saúde e cobertura.

  • Carência para emergência e urgência?.

  • Estabelecimento de saúde pode negar atendimento?

zona oeste plano internado

COMO ENTENDER AS COBERTURAS DOS PLANOS DE SAÚDE

 

Termos da área de saúde costumam se mostrar demasiadamente confusos, ambulatorial, hospitalar, odontológico, obstétrico, entre outros termos da área acabam por nos confundir e não nos explicarem muito do que eles realmente significam. Logo, este artigo vem a lhe explicar melhor os significados por trás desses termos técnicos, para facilitar a contratação consciente do seu plano de saúde. Lembrando que os planos descritos abaixo costumam apresentar-se tanto em forma una, quanto na forma mista e variam quando se tratam apenas de você em contato com Profissionais médicos

A divisão padrão dos planos de saúde:

  1. PLANOS AMBULATORIAIS: São planos que compreendem a cobertura de consultas, ao contratar tal plano de saúde, você terá acesso ilimitado a exames complementares, como exame de DNA, biópsias, bioimpedanciometrias, ultrassonografias, exames de raspagem entre outros. Isso sem quaisquer custos adicionais no seu pagamento de adesão. Tal plano costuma ser adquirido em união aos planos hospitalares. Diferente do que comumente se pensa, os planos ambulatoriais incluem consultas individuais, além de terapias ocupacionais, assim como garante a Resolução Normativa 387/2015, a qual garante a cobertura de consultas, sessões ou avaliações de profissionais da saúde durante períodos de internação sempre que julgado necessário. Sendo assim, estes procedimentos citados de cobertura obrigatória do citado tipo de plano quando você não recorrer ao SUS.
  2. PLANOS OBSTÉTRICOS: O plano obstétrico é vastamente contratado por mulheres em gestação, sendo requisitado das agências de saúde que os promovem a prestação de uma gama de serviços, já que tal plano possui por enfoque uma parcela de risco da população – as gestantes. Logo, todo o atendimento necessário deve ser garantido e fornecido com presteza e eficiência. Então inclusos neste plano, devem estar presentes todas as cirurgias, exames, consultas, atendimentos, terapias e sessões que sejam julgadas necessárias ao bem estar da criança e da mãe em estado de gravidez. (Conhecido também como plano hospitalar COM obstetrícia)
  3. PLANOS HOSPITALARES: Tal plano possui por enfoque a prestação de atendimentos em unidades hospitalares, garantindo com ele, número ilimitado de diárias e acesso a todas as áreas do hospital. Leia-se então, o uso da área de UTI, além de acesso à cobertura de exames complementares e procedimentos especiais. Apresenta-se como garantia também, dentro do rol de procedimentos especiais, fisioterapias, acompanhamentos pós-operatórios de transplantes, radioimplantes, quimioterapias, entre outros procedimentos que podem ser facilmente consultados junto ao portal da ANS de forma completa.
  4. PLANOS ODONTOLÓGICOS: Um dos planos mais baratos do rol, entretanto não menos importante, o plano odontológico é regido pela ANS da mesma forma que os citados previamente, cabendo ao mesmo a prestação dos procedimentos odontológicos de consultório, assim como exames de radiologia, exames e cirurgias orais menores, desde que seja necessária apenas a anestesia local.

E aí, conseguiu sanar suas dúvidas com relação às terminologias? Lembrando que, alguns planos costumam vir em formas mistas, englobando mais de um pacote e área de atuação, cabendo assim uma melhor análise do contrato para evitar surpresas indesejadas, para contratar e fazer sua cotação visite Corretor de saúde preços.

Clique para saber sobre Assistência médica nos EUA.

CategoryANS Tube
Tags

Fale rápido, fale por Whatsapp       (21)98807-3978